Redpack – Dragões Velhos é que rendem boas campanhas!

O Redpack é um pacote promocional lançado pela editora Redbox para comemorar os 3 anos de seu nascimento. Ele contém um cópia do Manual Básico e uma do Bestiário do Old Dragon por um preço promocional: R$ 59.50 – que significa uns 20% de desconto em comparação com os R$ 74.90 da compra avulsa dos livros. Além do desconto,  o pacote inclui dois encartes: um trazendo uma nova raça pros jogadores (os meio-elfos) e o outro um novo monstro (os draconianos). E, durante o período de pré-venda (que acabou em 06/10/2014), também veio acompanhado de um certificado nominal e numerado.

Certificado

Número 8, cabalisticamente pratchettiano.

Old Dragon é um sistema de RPG brasileiro inspirado pelo movimento OSR (Old School Revival) gringo, que surgiu como uma resposta à Quarta edição do DnD e aos “hacks” da versão 3.X, buscando criar sistemas de regras baseadas nas edições mais antigas antigas do D&D, lançadas no final dos anos 70 e durante os 80, como as duas primeiras edições e o AD&D.

Porém, contrariamente à maioria dos sistemas gringos, o OD não tenta emular uma edição específica, mas sim resgatar o “espírito” dos jogos old school: o não uso de miniaturas e grids de combate, a escassez e simplicidade das regras, a mortalidade, o protagonismo do Mestre na criação de regras e a rejeição de equilíbrio, entendido aqui em dois planos: entre as classes, no sentido que todas detém capacidades semelhantes em níveis iguais e todas evoluem no mesmo ritmo e entre o mundo (entendido como conjunto de interações entre personagens e não-personagens, como monstros, armadilhas e npc) e os personagens.

Versus Planeta Favela (21x14cm)

Versus Planeta Favela (21x14cm)

Ou seja, é um sistema que preza por mecânicas simples, poucas regras e muita improvisação por parte dos jogadores e mestres, que muitas vezes vão ter de criar regras na hora para resolver esse ou aquele conflito.Nesse ponto vale destacar uma sacada genial dos designers do jogo: o fato de que não existem perícias, só testes de atributo. Isso torna não só a criação de ficha algo bem mais simples e rápido, como a maioria dos conflitos vai ser solucionado com um simples rolar de um D20 – muito apropriado pra manter um ritmo sempre rápido e fluido.

Uma última coisa que escassez de grandes soluções mecânicas acaba provocando é a necessidade de se interpretar bem mais os personagens e interagir com o mundo.

Vista de Cima

Vista de Cima

A qualidade do Manual enquanto livro (e não enquanto sistema) também não deixa a desejar: o papel é de ótima qualidade, a diagramação facilita a leitura, as tabelas são sempre muito úteis (e em locais estratégicos) e a arte é boa no geral, algumas ilustração deixam um pouco a desejar, mas nada que interfira na qualidade gráfica do livro. O texto do Manual é muito fluido e claro (exceto quando explicando o funcionamento da habilidade do ladino de encontrar e desarmar armadilhas :/).

O Bestiário também é um primor: tem a mesma qualidade do manual, mas com muito mais ilustrações – uma pra cada um dos mais de 200 monstros, todas coloridas. Com certeza um dos mais bonitos livros de RPG nacional que eu já vi. A qualidade das explicações de hábitos, fraquezas, táticas e características dos monstros é muito alta, tanto em termos de conteúdo quando em termos de estilo, uma leitura muito agradável. Os diferentes índices e agrupamento de monstros também são muito úteis, assim como o gerador de encontro aleatórios e as novas possibilidades de criação e customização dos monstros.

Redpack - Aberto

Conteúdo completo do Redpack!

Enfim, é um produto bem sólido – tanto no conteúdo quanto na forma. Ideal para jogos mais rápidos: fichas fáceis de fazer, sistema simples de aprender jogando mesmo e com um ritmo fácil de construir e manter. Testei como jogador e o o jogo fluiu num ritmo bem próximo ao da Quinta Edição do D&D, recomendadíssimo.